Natividade da Serra, segunda, 01 de Setembro de 2014, 10:36
MENU
HOME
UTILIDADE PÚBLICA
EVENTOS
PESCA
ONDE FICAR
ONDE COMER
MAPAS
A CIDADE FALA
PREFEITURA
CULINÁRIA CAIPIRA
FOLCLORE / CULTURA
BIOGRAFIAS
CURIOSIDADES
ESPORTES
CLASSIFICADOS
ZONA RURAL
BAIRRO ALTO
POUSO ALTO
VARGEM GRANDE
OUTROS BAIRROS
CLIMA PARCIAL

PARCEIROS
HOME | DADOS GERAIS | HISTÓRIA | TURISMO | GALERIA DE FOTOS | COMO CHEGAR | FALE CONOSCO | BLOG | LINKS
BIOGRAFIAS
PROFESSOR ADMIR BUENO DA SILVA
Nascimento: 20/04/1948
Local: Taubaté - SP
Filiação: Domitilia Prado da Silva e Paulo Bueno da Silva
Cônjuge: Terezinha Lúcia de Faria
Filhos: Odir, Josias e Luana Domitilia
Profissão: Professor (PEB I)
Falecimento: 19/10/1991
Tempo vivido em Natividade: 15 anos

“Primeiro Coordenador da Pastoral Vocacional de Natividade”.

Admir, desde pequeno, enfrentava problemas de saúde, mas apesar de sua extrema fragilidade física, nunca se deixou vencer pelas adversidades. Em consequência de uma poliomielite na infância, apresentava um defeito na perna direita, problema este que não o impediu de estudar, trabalhar e principalmente ser um grande colaborador em vários setores da vida cultural de Natividade da Serra, lugar onde elegeu para ser sua segunda terra natal.

Ademir Bueno estudou da 1ª a 6ª série no Grupo Escolar do Bairro da Estiva, a 7ª e a 8ª séries no Grupo Escolar Professora Judith Campista César passando depois para a escola de 1° e 2° graus “Padre Anchieta” (todas em Taubaté), aonde veio completar seus estudos e receber o diploma de professor I em 15 de março de 1976. Neste mesmo ano, fez suas malas e veio para Natividade da Serra lecionar na EEPG(EM) Fazenda Rio Bonito. Em 1977 foi para o Bairro Seladinho e por onde andava sempre fazia grandes amizades, além das aulas em classe, ele também acompanhava a comunidade nos eventos culturais ou religiosos e estava sempre acompanhado do eterno “amigo do peito”: o seu violão.

Admir casou-se com Terezinha Lúcia de Faria Silva em 05 de janeiro de 1979 e desta união nasceram os filhos Odir Bueno da Silva, Josias Bueno da Silva e Luana Domitilia Bueno da Silva.

Professor Admir foi aprovado em concurso público para o cargo de Professor I em 13 de junho de 1980, fazendo seu ingresso efetivo na EEPG do Bairro do Perequê, em Ilha Bela, com posse em 04 de agosto de 1981. Estava no litoral, mas sua alma permanecia na pequena e querida Natividade da Serra. Na primeira oportunidade de remoção, voltou correndo para os braços da Escola Figueira de Toledo, que o havia acolhido com muito carinho, aqui tomando posse em 1° de março de 1982.

Em consequência das complicações de saúde próprias de um hemofílico, Admir foi ceifado da vida prematuramente em 19 de outubro de 1991, deixando enormes lacunas na educação, na cultura, nas rodas de amigos. Seu carinho como professor alfabetizador é lembrado por ex-alunos com muita saudade.

As tradições culturais em Natividade da Serra devem muito ao Professor Admir, que não media esforços para acompanhar grupos folclóricos como as “Pastorinhas”, as danças “Mulher da Pinga”, “Balaio”, “Fitas”, etc. Suas peças teatrais, sempre muito elogiadas, uniam um grupo de admiradores e atores dedicados, que tinham na pessoa do

Professor Admir, um exemplo vivo de dedicação, respeito mútuo, disponibilidade e amor ao próximo. Em parceria com a saudosa Professora Teresa Garcia Minari levava música e alegria para vários ambientes como escolas, igrejas, festas, etc.

Professor Admir foi o primeiro Coordenador da Pastoral Vocacional em nossa comunidade. Com atenção e carinho, ensinava violão às crianças e jovens, encaminhando-os para a Liturgia da “Missa das Crianças”.

Cultivava grandes amizades, fazendo uma enorme corrente, onde a música era o principal elo de ligação. São conhecidas e já tradicionais as músicas em que o Professor Admir e o

Professor José Sinésio de Oliveira Santos reuniam amigos para cantar e enaltecer as belezas desta querida terra. As músicas “Pescaria” e “Vila Velha”, sempre que são cantadas nas apresentações folclóricas ou teatrais, nos traz à lembrança essa dupla de amigos que se respeitavam como verdadeiros irmãos. Hoje estas músicas são referenciais de Natividade de Serra. São passadas, de ano a ano, a novos adeptos, novas crianças que, nas suas singelas apresentações, mantém vivas as tradições e principalmente mantém vivo na nossa memória, esse músico, esse artista, esse companheiro, esse amigo que deixou muita saudade.

Natividade da Serra não esqueceu a grande colaboração que o Professor Admir prestou à cultura desta terra: homenageou-o colocando seu nome no prédio da catequese, assim definido por votação unânime como CENTRO PASTORAL PROFESSOR ADMIR.


Biografia elaborada pela Professora Leninha Ribeiro em agosto de 2006.

MENU

Copyringt © 2008 Natividade da Serra
Administrador e Proprietário: João Ferreira   CNPJ: 01.802.893/0001-51
Home Page | Acesso Restrito | Webmail | Cpanel

Voce é o visitante nº
Contador de visitas grátis

UDS Criação de Sites e Hospedagem